terça-feira, 17 de novembro de 2009

sem fumo


{visto aqui}



Hoje é o dia do não fumador e quero partilhar isto: há 73 dias que não toco em tabaco. No meio, ficaram alguns dias, quando começaram as aulas, em que fumei 1 ou 2 cigarros. O mais engraçado é que nessa altura o meu corpo rejeitou o tabaco: soube-me mal, muito mal. E parei de fumar sem qualquer outra ajuda exterior; claro, tive o apoio do Zé, que tanto me chateou. Ele fica contente. E eu também. Pena continuar ansioso, ainda que cada vez menos. Também diminuí o número de cafés; ou seja, continuo acelerado, mas muito mais calmo. Depois de algumas tentativas para reduzir ou parar de fumar, espero que este seja mesmo o fim de um ciclo que durou cerca de 10 anos. Para quem fuma e pensar deixar-se disso, saiba que é possível... »»











12 comentários:

  1. Então ainda bem que esse ciclo vicioso chegou ao fim! Só faz é bem! :)
    Abraço aos dois.

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que chegou ao fim. À umas semanas fiz um post sobre o vicio do tabaco e eis que surge a oportunidade de perguntar a um fumador: O que sentias quando estavas a fumar, que sensações te trazia??

    bjs^^

    ResponderEliminar
  3. Também gostaria de ter essa força...
    Parabéns

    ResponderEliminar
  4. Parabens a serio... eu ainda não me sinto com essa força!!!
    Um beijo sem fumo...

    ResponderEliminar
  5. Parabéns! Espero que dure. Em 2007 estive 9 meses sem fumar e em cada dia sentia falta de cada cigarro. O que é certo é que cumpri o meu objectivo e consegui ir à Grécia com o dinheiro do tabaco! :D
    ah, resta dizer que na altura ainda não era professor, agora parece-me muuuuito mais difícil deixar!

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. já deixei duas vezes. mas voltei sempre. Pode parecer uma péssima desculpa (e é) mas só quando deixar de ter a profissão que tenho é que se tornará mais fácil deixar de fumar. força para ti

    ResponderEliminar
  7. Não fumo. Nunca fumei. Embora respeite os fumadores, e não seja daqueles não fumadores extremistas, sempre que posso chateio com o habitual "fumar faz mal...devias deixar de fumar".
    O último video, por muito forte e algo imprtessionante, acabará por ter o seu efeito.
    Lembro-me que em Portugal houve uma proposta para que os maços de tabaco passassem a ter fotos do género. Além de não ter ido avante, os portugueses práticos que são inventaram as "kapas", umas capas de papel para envolver os maços.

    ResponderEliminar
  8. Nós também tivemos essa experiência e só nos sentimos bem por ter deixado de fumar. Da noite para o dia, com determinação e há já cerca de 7 anos. Parabéns (e o gato também agradece, não é?)! Abcs,

    ResponderEliminar
  9. o que eu vou dizer é muito fútil, mas é a verdade. À medida que fui crescendo, os meus pais percebendo que sou tão...hummm cuidadoso com o meu corpo e saúde, afastaram o medo que tinham em que eu fumasse. Lá pensaram: tantas mesquenhices que ele tem com a pele que jamais ele vai tocar num cigarro para não a estragar... - acho que tinham razão. lol Mas na verdade o que nunca me levou a fumar é que além de ser um vicio extremamente caro faz-me uma certa impressão chupar fumo para dentro de mim...o meu pai foi fumador durante muitooooooooos anos, e num belo dia de manhã ao por o cigarro à boca (SG Filtro, ainda me lembro), aquilo deu-lhe nauseas...deitou o resto do maço fora e nunca mais voltou a fumar ou sentiu sequer necessidade. Aliás hoje nem sequer suporta o fumo do tabaco. Sei que é um esforço enorme esse que fizeste, pois vejo tanta gente a tentar e a não conseguir, mas fico muito feliz que sejas uma belíssima regra a tanta excepção:-)

    ResponderEliminar
  10. Quem me dera ter essa força de vontade...

    ResponderEliminar

»» responderemos quando tivermos tempo
[se tivermos tempo] »» se os
comentários de algumas entradas estiverem bloqueados é porque não estamos cá, não há tempo para olhar para o lado, ou essas entradas não têm nada para comentar.

»»
obrigado pela visita!